domingo, 19 de abril de 2015

Vermelho - LXXXI



Léo Ferré
Thank you Satan
(1961)
DVD: "Léo Ferré au Théâtre des Champs-Élysées" 
(1984)

quarta-feira, 11 de março de 2015

Vermelho - LXXX


Papoilas na Torre de Londres
(instalação progressiva)
Paul Cummins 
(2014)



http://www.mirror.co.uk/news/uk-news/tower-london-transformed-red-sea-3988934

quarta-feira, 4 de março de 2015

Azul - MLV




Oskar Kokoschka 
Autoretrato
(1948)





http://www.museejenisch.ch/eng/musee/espace_oskar_kokoschka

segunda-feira, 2 de março de 2015

Violeta - XIX


- ROXO -               - VIOLETANGO -


Um tango - Um labirinto
seis anos nos separam    /               sinto-te
seiscentas voltas deste tango
                                o teu                                                          cinto   
                                                          O meu rodopiar
                                                          lábios d'ab-sinto  

                Pronto. O teu peito de quinze anos a arfar de me teres tocado.   
                Pronto. Apache muerto.

                                               Fiquei a desejar tangos sobre tangos,
                                               toques, arranhões, seios de pêra
                                               malmequeres            a frincha
                                               da tua boca

                                         Um  cigarro. Sem força de ti e tu a arfá-la.
                                         Em mim suor, desejo, velas.
                                         Em ti seiscentos mil tangos de perfume.



Rui Reininho
Sifilis vs Bilitis, Quasi Edições
(1983)                                 

Azul - MLIV



Nuno Artur Silva (textos)

 A sério?  

 Dead Combo (música)
António Jorge Gonçalves (desenhos)

(2015)


www.espalhafactos.com

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Cores



Notte della Taranta 
(2014)

Corpo di ballo Notte della Taranta:

Laura Boccadamo & Laura Chiara Piero Andrea Andrea

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Noa Noa



Noa Noa 
Filipe Faria e Tiago Matias
El testament d'Amèlia
(2012)


http://www.artedasmusas.com/noanoa/


Victoria de los Angeles



Victoria de los Angeles
El testament d'Amèlia (trad.)
(1991)

Geoffrey Parsons (piano)

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Preto - XL



Trilogia (Deus, Pátria e Família)
 (mina negra sobre papel)

Manuel Filipe
(1943)



http://pt.wikipedia.org/wiki/Manuel_Filipe

http://www.cm-condeixa.pt/noticias/noticia.php?id=1494

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Vermelho - LXXIX



Ninfa
Pyrrhosoma nymphula


www.sylvestris.org





sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Azul - MLIII



Alceu Valença
La Belle de Jour (1991)
Orquestra de Ouro Preto
(2012)

Cores



http://blog.inc-livros.pt


(...) Quem entra em Anticyclone vagueia, assim, entre espaços e corpos, tacteando emoções e gestos até que o doméstico se confunde com o onírico, o quotidiano com o fantástico: no mesmo mundo, participam o nevoeiro que vela um rosto e um aniversário que aguarda a celebração numa mesa enfeitada. A misteriosa rapariga de vestido branco e a mulher que lê, conformada, uma revista. Não se encontram sinais de espaços urbanos, da cidade, e rareiam os da tecnologia. A influência do anticiclone dos Açores, a personagem invisível, mas omnipresente, das narrativas, surge nas cores, nas sombras, nas paisagens. (...)



José Marmeleira
Público, 16/1/2015

1955



Billie Holiday
Come Rain or Come Shine 
(Harold Harlen-Johnny Mercer)
(25/8/1955)

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Branco - MLXIII


Devo estar a ficar velho. E no entanto, sem que me dê conta, ainda me acontece apalpar a algibeira à procura da fisga. Ainda gostava de ter um canivete de madrepérola com sete lâminas, saca-rolhas, tesoura, abre-latas e chave de parafusos. (...)

Pensando bem (e digo isto ao espelho), não sou um senhor de idade que conservou o coração menino. Sou um menino cujo envelope se gastou.


António Lobo Antunes
Público Magazine, 1/8/1993

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Carlos de Oliveira


PROVÉRBIO


A noite é a nossa dádiva de sol aos que vivem do outro lado da Terra.



Carlos de Oliveira
Terra de Harmonia
(1950)